Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

De perto todo mundo é louco...

Imagem
Filme O grande mentecapto
    Sinopse
    Geraldo Viramundo (Diogo Vilela) é um cara simpático e com ideias absurdas. Genial e/ ou insano, ele decide abandonar a sua pequena cidade em Minas Gerais e ganhar o mundo. Seu objetivo é desestabilizar o sistema e seus cúmplices são as prostitutas e os desvalidos.

   Há uns dez dias atrás assisti esse maravilhoso filme, baseado no romance do grande escritor Fernando Sabino. Sou suspeito para comentar filmes nacionais, pois até os considerados ruins pela maioria eu curto. E, para melhorar ainda, aborda o tema loucura. Não tinha como deixar de comentar, pois desde o início do filme me identifiquei e muito com o personagem principal do filme.
   Desde pequeno já tinha as minhas maluquices, sendo que por volta dos sete anos a minha avó chegou a me levar para um hospital, a fim de fazer um eletroencefalograma na minha caixola. Esse exame provavelmente não resultou em nada, pois não fui levado à…

Divagações esquizofrênicas 10

Imagem
Finalmente os órgãos competentes irão remover todo o lixo e o matagal que tomaram conta da área em que será construída a nova rodoviária de Belo Horizonte.
    O local está perigoso de se andar, devido à presença de meliantes. Há algumas semanas atrás tive que intervir em uma tentativa de assalto: dois caras, sendo um deles armado, tentaram roubar o celular de um cara que aparentava não mais de 18 anos. Intervi por que senti que a arma provavelmente era uma réplica. Não entendo muito de armas, mas pude perceber isso pela expressão de medo do assaltante ao me ver, pois estava indo em sua direção à fim de acabar com aquela cena. Mas, analisando o fato depois de algum tempo, vi que havia arriscado a minha própria vida. Já pensou se a arma fosse de verdade? Este ano em Belo Horizonte já mataram duas pessoas que reagiram à roubos de celulares. Mas a verdade é que os caras saíram correndo, ao me verem, acho que perceberam a minha expressão de raiva, sei lá. Só sei que estou cansado de tu…

Crentofobia

Imagem
Bem, como a maioria dos leitores já devem ter notado, este humilde blog não fala somente sobre esquizofrenia. Às vezes, como qualquer cidadão comum, costumo dar meus pitacos sobre outros temas também. Afinal, a vida de um portador de esquizofrenia não é somente esquizofrenia, não devemos atribuir tudo o que nos acontece ao transtorno da mente dividida. O blog se chama Memórias de um esquizofrênico e não memórias esquizofrênicas.
    O assunto de hoje é a ferrenha batalha entre alguns pastores e seus seguidores contra os defensores da causa LGBT. Não quis comentar o assunto quando estava no auge da discussão, para evitar polêmicas. Cada um tem o direito de se expressar, desde que não invada o espaço dos outros, e também não precisando discutir, no sentido de brigar mesmo. Não faço parte de nenhum dos lados em questão, tenho a minha opinião própria. Não que eu queira ficar em cima do muro, mas, como já diz a música do grande Zeca Baleiro, "Minha tribo sou eu"...
    Não sei …