sábado, 16 de maio de 2015

O tédio que enfraquece

    Acordo por volta das oito e meia da manhã, não levanto da cama. Tomo dois copos de água em jejum, pois deixo um pet do lado da cama. Espero mais meia hora e tomo a minha "ração diária": leite de soja, gérmen de trigo, aveia, linhaça, fibra de trigo. Tomo depois um cafezinho no barzinho em frente ao local onde moro.
    Depois, net e volto pra cama. O tempo voa, já que tenho que sair de casa para ir almoçar no restaurante popular. Compro pães para dois dias, assim é uma saída a menos de casa. Baixo alguns filmes na net e assisto pela tv. Abro os emails e até reviro o lixo, mas não encontro nada além de propagandas, emails com links suspeitos e não paro de receber emails no meu próprio nome e um que vem com o nome de viagra...
fico revirando até o lixo dos emails...

    Esse é o resumo da minha vida atual. O tédio mina as minhas energias, levando a minha hipocondria à um grau maior. Fiz um hemograma completo, e sei que todos aqueles numerozinhos irão estar dentro dos valores limítrofes, com exceção dos triglicerídeos. Não estou tomando o ômega 3, a grana vai toda para o aluguel.
   O tédio aliado a uma alimentação não muito saudável me levam a este estado lastimoso, sem ânimo para nada. Nem para escrever, nem preparei o que estou escrevendo neste momento. Pela primeira vez estou escrevendo algo que aparece em minha mente na hora e digito no blog. Sempre preciso da  caneta e papel para escrever melhor.
     Fico com saudades das minhas andanças. Ainda tenho saúde para completar o restante da estrada real. Falta fazer o caminho dos diamantes e o caminho novo. São cerca de 900km que ainda restam para fazer para completar todos os caminhos da estrada real. É uma luta contra o tempo. Sei que daqui há alguns anos não irei ter energia para sair por ai pelos vales e montanhas de Minas com mais de 10kg nas costas e a pé.
    Com muito custo consegui comprar o notebook, a TV e o home theather. Mas, e daí? Hoje minha vida se resume a olhar as notificações do facebook e a baixar alguns filmes da net, por que a programação da tv aberta é pior do que aqueles filmes do youtube na resolução de 240p.

   Alguns grupos do facebook são o próprio muro das lamentações, só que virtual. Perguntas sem sentido para os males desse mundo atual, reclamações dos medicamentos que não resolvem muita coisa... Sai de alguns grupos e estou evitando situações negativas neste mundo virtual.
    Por falar em youtube, quando abro esse site ai que tudo fica sombrio em minha mente. Vídeos de um tal de lucas luco, mc bebê, mc pitinho e por ai vai.
     Esses caras devem pagar uma boa grana para a google para sempre aparecerem na página inicial.
     Estou com saudade das andanças, do ar puro, das paisagens, do povo do interior de Minas. Se não fosse a violência que anda assolando as cidades, estaria morando em minha barraquinha até hoje. Não saber como vai ser o dia de amanhã é o que me dá energia. O tédio corroi a minha mente, e, com isso, o físico também sofre.
    O que mais estou gostando de assistir na TV atualmente são o programa do Datena, polícia 24 horas, operação de risco e outros do gênero. Meu prazer está sendo ver os bandidos se darem mal e serem presos. Hoje em dia todo mundo está com medo de todo mundo nos centros das grandes cidades, por causa desses caras que só pensam em se dar bem com o trabalho dos outros.

    No facebook, perguntam como se chama o chup chup em minha cidade. E o pior é que dezenas de pessoas respondem: sacolé, geladinho e por ai vai...
    Não sei o que faço, mas sei que tenho que fazer algo, o tédio é sufocante e a bateria está se esgotando, sou movido à novidades, não quero passar o resto da minha vida em frente do notebook.
Os vizinhos dos quartos onde moro são meio folgados, não limpam o que sujam. Banheiro eu lavo uma vez por mês, para ver se eles desconfiam que também precisam lavar, mas até hoje não se deram conta disso. É meio que um big brother, um falando mal do outro, mas quando eles não estão. Por isso que prefiro ficar no meu canto. Todo lugar sempre tem aqueles baba ovo, e aqui não é diferente...
    Tentei tirar o passe livre, para ver se consigo melhorar a qualidade de minha vida, para fazer cursos e passear por ai. Demorou seis meses para a perícia ser realizada. Tive que contar quase toda a minha vida para o psicólogo que, no final me disse que a decisão será por conta da BHTRANS, empresa que gerencia o transporte público aqui na capital mineira. Deve demorar mais uns três meses para sair o resultado. O engraçado é que o psicólogo me perguntou onde estava o meu acompanhante. Respondi que sempre gostei de andar sozinho, e que a esquizofrenia leva ao isolamento. Tenho esquizofrenia, e não tenho déficit mental que me incapacita a andar e pagar uma passagem de ônibus. Ter consciência do transtorno ajuda, mas não alivia em nada, acho que até piora. Me lembro que, quando estava surtado não ligava para nada, e até conseguia dormir nas ruas de Belo Horizonte, sem ao menos colocar um papelão no chão...
    Voltando à rotina, de tarde volto para a net e depois assisto algo na tv. E fico fazendo esse revezamento, até a hora de dormir. Tomo meio diazepan e espero mais um dia chegar e começar tudo de novo...
    Já tentei ser voluntário da cruz vermelha, mas a impressão que tive é que eles é que estavam fazendo um favor para a minha pessoa e acabei indo embora. Aqui não existe uma instituição que cuide dos animais sem cobrar e assim necessitar de voluntários.
    Me desculpem, mas é assim que estou me sentindo no momento, talvez seja passageiro, talvez eu seja um bipolar... Se for, espero que essa fase passe logo.
- Música: esperando aviões
- Artista: Vander Lee
Meus olhos te viram triste
Olhando pro infinito
Tentando ouvir o som do próprio grito

E o louco que ainda me resta
Só quis te levar pra festa
Você me amou de um jeito tão aflito

Que eu queria poder te dizer sem palavras
Eu queria poder te cantar sem canções
Eu queria viver morrendo em sua teia
Seu sangue correndo em minha veia
Seu cheiro morando em meus pulmões

Cada dia que passo sem sua presença
Sou um presidiário cumprindo sentença
Sou um velho diário perdido na areia
Esperando que você me leia
Sou pista vazia esperando aviões

Sou o lamento no canto da sereia
Esperando o naufrágio das embarcações

4 comentários:

  1. Todo Sentimento - Chico Buarque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda música, não sou muito fã do Chico Buarque, mas gostei da música. Acho que não gosto muito do Chico por que quando criança ouvia aquela música "Joga a pedra na Geni".... E me baseei nesta música para avaliar todo o trabalho dele.
      Obrigado pela visita ao blog.

      Excluir
  2. Olá. Conheço seu blog há 1 semana. Vi um vídeo seu no youtube. Deve ser difícil viver no tédio né?
    Tenho um conhecido que tem um transtorno que os médicos chamam de "transtorno dissociativo". Já ouviu falar?
    Abraços e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouvi falar desse transtorno, mas não cheguei a pesquisar.
      Realmente o tédio pode causar sérios problemas, se não tomarmos as nossas providências. Estou tentando tirar o passe livre, para ver se consigo fazer qualquer coisa, algum curso, palestra, etc. Infelizmente aqui em Belo Horizonte a empresa que gerencia o transporte dificulta as coisas para os portadores de esquizofrenia. Abraços.

      Excluir