Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Divagações esquizofrênicas 9

Imagem
No último dia 17, quando fui pegar o resultado do hemograma, vi uma enorme fila no posto de saúde. No início dela havia uma mulher aplicando uma vacina nas pessoas. Como bom hipocondríaco que sou, não pensei duas vezes e entrei na fila.
  Quando chegou a minha vez a "vacinadora" me fez uma série de perguntas:
   - Quantos anos você tem?
   - Trabalha na área de saúde?
   - Tem alguma comorbidade?
   Como não preenchi nenhum dos requisitos básicos, não consegui tomar a vacina, apesar de fazer cara de pidão para a vacinadora...
    A vacina em questão é para a gripe, e o público alvo são os idosos, crianças, trabalhadores da área de saúde, população indígena, etc. Mas deveria ter uma cota para os hipocondríacos, pois sempre sobra muito desse tipo de vacina, por que muitas pessoas que fazem parte do público alvo tem uma certa rejeição, por preconceito e falta de informação... Pensam principalmente que irão ter uma reação alérgica grave, ou que poderão ficar doentes, pois a vacina na…

Novo preço dos livros

Imagem
Devido ao aumento de preço dos serviços das gráficas, infelizmente fui obrigado a repassar o valor dos livros que publiquei.
   - Livro Mente Dividida: 32 reais
   - Divagações esquizofrênicas: 37reais
   - Quem adquirir os dois juntos vai ter um desconto, e o preço final, ao invés de 69 reais, será de 65 reais apenas. As despesas de correios já estão incluídas.
    Já em PDF os valores continuam os mesmos: 7 reais cada um e 12 reais os dois juntos.
    O procedimento é simples, para obter maiores informações sobre como adquirir o livro, basta enviar um email com o assunto "livro", para:
    juliocesar-555@hotmail.com
OBS: quem adquirir o livro próximo ao quinto dia útil do mês receberá um desconto de 5 reais em cada livro pois nesta data sempre vou ao centro da cidade de Belo Horizonte. E também fazendo vários pedidos, o preço da impressão diminui um pouco.


O tédio que enfraquece

Imagem
Acordo por volta das oito e meia da manhã, não levanto da cama. Tomo dois copos de água em jejum, pois deixo um pet do lado da cama. Espero mais meia hora e tomo a minha "ração diária": leite de soja, gérmen de trigo, aveia, linhaça, fibra de trigo. Tomo depois um cafezinho no barzinho em frente ao local onde moro.
    Depois, net e volto pra cama. O tempo voa, já que tenho que sair de casa para ir almoçar no restaurante popular. Compro pães para dois dias, assim é uma saída a menos de casa. Baixo alguns filmes na net e assisto pela tv. Abro os emails e até reviro o lixo, mas não encontro nada além de propagandas, emails com links suspeitos e não paro de receber emails no meu próprio nome e um que vem com o nome de viagra...

    Esse é o resumo da minha vida atual. O tédio mina as minhas energias, levando a minha hipocondria à um grau maior. Fiz um hemograma completo, e sei que todos aqueles numerozinhos irão estar dentro dos valores limítrofes, com exceção dos trigliceríd…

A história do contador de histórias

Imagem
Sou fã de filmes nacionais. Até os considerados não muito bons eu gosto. Outro dia estava garimpando alguns filmes na internet para assistir e matar o meu tédio quando me deparei com o longa "O contador de histórias". É um filme baseado em fatos reais, e é basicamente a bela história de vida de um cara que tinha tudo para dar errado e se tornar mais um traficante...Mas que acabou se tornando pedagogo e um dos quatro melhores contadores de histórias do mundo... Irei contar sua história mais abaixo.
    Me lembrei que, por volta do ano de 1998, quatro anos antes do meu primeiro surto grave, fui à uma apresentação desse cara. Era um belo domingo de sol e eu estava alegre e animado, pois gostava de ir à shows, principalmente ao ar livre. Depois haveria uma apresentação do talentoso músico mineiro Maurício Tizumba. O local estava lotado, principalmente de crianças e de seus respectivos pais. Naquela época já estava sentindo um pequeno desconforto em lugares cheios de gente, mas nã…

Complexo Messiânico - 2

Imagem
Estava indo almoçar no restaurante popular, como sempre. O caminho é um pouco complicado, pois tenho que passar por onde vai ser construída a nova rodoviária de Belo Horizonte. O mato tomou conta da redondeza, devido à desapropriação das casas. Enquanto a obra não começa, o local serve como depósito de lixo e é um pouco perigoso de se transitar, devido à presença de meliantes. Nunca passei de noite por lá, mas se já de dia já está ficando complicado...
    Só que hoje (7/5/15) presenciei um fato que está se tornando mais do que corriqueiro nas grandes capitais e que está deixando as pessoas meio paranoicas, uma com medo das outras: uma tentativa de assalto. Dois caras estavam tentando roubar um cara de uns 18 anos, mais ou menos. Ele era baixinho e franzino. Não tive dúvidas, fui em direção aos assaltantes e, eles, ao me virem, saíram correndo. Eu estava com o olhar fixo na "suposta arma" que um deles carregava. Não entendo muito desse assunto, mas, pelo visual, parecia s…

Esquizofrênico: inimputável ou não?

Imagem
No último dia 28/04, o paranaense Rodrigo Goulart foi executado na Indonésia, pelo crime de tráfico internacional de drogas.
    Em 2004, ele entrou neste país com 6kg de cocaína, escondidos em uma prancha de surf. Foi julgado e condenado no ano de 2005. Antes da execução, já em 2015, a defesa do réu entrou com um recurso na justiça, alegando que Rodrigo era esquizofrênico, e que não poderia responder pelos seus atos. Ou seja, ele seria considerado inimputável.
    O advogado ainda afirmou que seu cliente ultimamente andava delirando e ouvindo vozes...
    Mas, e no momento do crime? Ele estava surtado? Não tinha a mínima noção do que estava fazendo? A lei é bem clara, para uma pessoa ser responsável por um delito, é preciso de três condições básicas:
    - ter praticado o crime
    - ter entendimento do caráter criminoso do ato
    - ter sido livre para escolher entre praticar ou não praticar o delito.
    Simplificando, ele deveria saber o que estava fazendo, e não ter sido obrigado a …