quarta-feira, 18 de junho de 2014

Esquizofrenia e inteligência


    No último post afirmei que não escreveria mais. Estou um pouco estressado, para falar a verdade. Estava um pouco desanimado quando escrevi o post anterior a esse. Mas meu humor, que prefiro chamar de estado de ânimo, oscila quase como o de um bipolar. Um psiquiatra chegou a me sugerir um tratamento com lítio, no início da patologia, por volta do ano de 2003.
    Mas o fator principal de voltar a postar aconteceu ontem, terça feira,(17/006/14), ao ficar sabendo de algumas coisas. O senhor Evanio, que se diz psicólogo, estava questionando o meu caráter, mais precisamente o fato de eu ter esquizofrenia ou não. Chegou a afirmar que eu uso um personagem nas redes sociais e principalmente no blog. Veja a imagem abaixo:
como assim um esquizofrênico não tem condições de criar um blog? Reparem na seta que o comentário foi editado, pois a princípio ele havia me elogiado. 

eu afirmei que várias psicólogas deveriam ter conversado comigo sobre esquizofrenia, e que não deveria ficar sabendo somente quando recebi um laudo para fazer uma perícia no INSS. Nunca afirmei que fiz o meu próprio diagnóstico. Aprendi um pouco sobre a esquizofrenia através de estudos. 
    E sabem por que ele questiona esse fato? Como podem ver na figura acima, ele afirma que um portador de esquizofrenia não tem condições de criar um site, um blog, enfim, de raciocinar.
Para mim a esquizofrenia não interfere no fato da pessoa ser inteligente ou não. Conheço esquizofrênicos com inteligência acima da média, na média e um pouco abaixo da média. É algo semelhante na população em geral. Creio que seja um mito também dizerem que todo portador tem uma inteligência acima da média e que "piraram" por causa disso. Claro que o excesso de informações podem contribuir para que uma esquizofrenia desencadeie. Gostaria de ressaltar que estou me referindo a esquizofrenia paranoide, que é a que tenho e que é a mais comum também. Não conheço suficiente os outros tipos de esquizofrenia para fazer um comentário.
     Eu nem tenho muito o que dizer sobre esse comentário infeliz desse psicólogo. Sei que a maioria dos profissionais não pensam assim. Creio que é algo pessoal mesmo, pois eu o critiquei por me abordar em seu grupo. Ele insistira em fazer uma consulta on line comigo e pretendia cobrar uma taxa de 50 reais. Chegou até se oferecer por menos. Como disse no post "consultas on line, pode? sou totalmente a favor de que a psicologia deva acompanhar os avanços da tecnologia, mas a ética tem que estar em primeiro lugar. Acho uma falta de sensibilidade entrar ou criar um grupo de portadores de transtornos mentais e depois oferecer os seus serviços, já que a descrição do próprio grupo afirma que as pessoas está lá para se ajudarem.
    Então, por questão de vingança, ele resolveu fazer os seus comentários, ou melhor, editar os comentários.  A princípio ele me elogiava pelo vídeo que postei no youtube. Mas, depois do post em que eu o critiquei, mudou de opinião. Veja na imagem abaixo que o comentário foi editado:
além de editar o comentário, ele dá diagnósticos pela net... Gostaria de saber qual patologia que ele acha que eu tenho. 
    Como já disse várias vezes, não sou totalmente contra os medicamentos, psicólogos, etc. Não é por que não me dei bem com os medicamentos é que irei sair por ai pedindo para todo mundo não tomá-los. Já disse várias vezes que os remédios são um mal necessário em alguns casos, mas que existe uma certa "medicalização" dos sentimentos e que estão banalizando a tristeza, por exemplo.
    Também uma fake do grupo do Evanio está me caluniando. Amigos em comum me alertaram sobre o fato. Essa fake disse que eu iria para Porto Alegre atrás dela e que sou um andarilho. Todo mundo sabe pelo blog que estou há pouco mais de um ano andando por ai, não tenho o que esconder. Mas não sou um tarado, e, além de tudo, não gosto de frio. Já até recusei o convite de uma amiga para morar em Blumenau-SC, ao saber que as temperaturas por lá de madrugada rondavam a faixa de 0°C. Vejam nas imagens abaixo o fake que me caluniou e um pouco do diálogo que tive com ela. Eu a procurei ajudar, pois dizia que seu pai havia saído de casa há vários dias e não tinha voltado, e que ele era portador de esquizofrenia. Tenho o print screen do diálogo completo, gostaria que essa fake mostrasse o print provando que eu sou o que afirma.
eu procurei ajudá-la, mas agora me calunia. Será que essa fake é amiga do Evanio?


  Não sou um santo, já disse isso algumas vezes.  Já conversei sobre sexo com algumas mulheres pela internet. Mas para mim isso é normal, desde que a outra pessoa também queira conversar sobre o assunto. Desrespeitar o próximo é fazer o que ele não quer, o que ele não goste, é caluniar, etc. Creio que até muitos casais se separam pela falta de diálogo sobre esse tema, que é cercado de mitos e tabus.
    Então Alessandra Alisson, invente outra, que essa não colou. Ou melhor, diga quem você é, se é que pode fazer isso. Mostre o print que prove que eu sou o que você afirma. Me senti muito mal ontem. Estou um pouco estressado aqui em São Paulo. Confesso que esses comentários do Evanio e essas calunias da fake Alessandra me fizeram mal. Ontem estava no Brás para acessar a internet e depois do ocorrido comi muita besteira apressadamente. Resultado: tive que vomitar tudo. E, para piorar, tinha toda aquela confusão por causa do jogo do Brasil: buzinas, sirenes, trânsito caótico. Por sorte encontrei um parque que estava quase que totalmente vazio e pude relaxar pois não estava carregando uma cartela de diazepan.
    Mas nada como um dia após o outro. Gostaria de agradecer a todos que me apoiaram ontem. Não sou dono da verdade e nem tenho a pretensão de ser, mas procuro ser ético pelo menos. E, quando erro, procuro aprender com as minhas falhas.

   O "Dr" Evanio também disse que eu não recebi nenhum diagnóstico, que uso um personagem, como podem ver na imagem abaixo.


    Ai está o meu laudo. Fiquei cinco anos fazendo perícias no INSS até me aposentar. Será que sou um bom ator para enganar os peritos do INSS e os psiquiatras que me diagnosticaram?
    Por falar no assunto, já tive que usar um personagem por volta do ano de 2003, quando ainda estava trabalhando. Estava muito triste com o que estava acontecendo comigo. Ainda estava muito confuso sobre as alucinações e paranoias, pensando que poderia ser algo de origem espiritual. Alguns clientes da firma onde trabalhava reclamaram que eu estava de cara fechada. Então eu tinha que ser uma pessoa alegre, e por isso usei alguns personagens, pois eu não poderia ser eu mesmo. Usei tantos personagens naquela época que quase tive uma crise de identidade. Por exemplo, quando pediam para que eu fizesse um aviso no microfone durante um  evento,  logo pensava em um locutor de rádio e falava como tal. Mas isso não era planejado, era por instinto mesmo. Não sou um bom imitador, mas naquela época  parecia que imitava bem as pessoas, mas por causa das circunstâncias. Eu não queria que os clientes reclamassem de minha cara fechada. Procurava fazer o meu melhor no trabalho, mas eles queriam uma pessoa sorridente também. Mas eu não tinha motivos para sorrir naquela época. Cheguei a tentar o auto extermínio duas vezes. Treinava o sorriso no espelho, para que as crianças não percebessem que eu estava triste, pois eu gostava muito de conversar com as crianças. Aliás, eu fui um crianção até antes de surtar, para falar a verdade.
    Me lembro que cheguei a usar um outro personagem: a de um bêbado. Foi por volta dos 16 anos, na minha fase metaleira. Tinha cabelo grande, usava calças jeans rasgadas e camisas de bandas de heavy metal. Mas uma coisa eu tinha uma coisa de diferente da galera: não gostava muito de beber cachaça e só usei a maconha três vezes na minha vida.  Meu estômago não se dá bem com bebidas destiladas e quase sempre vomitava tudo o que bebia. Sem contar o vexame que eu dava, e, o pior é que nem lembrada do ocorrido. Então, para me enturmar com a galera, eu fingia que bebia e fingia que ficava bêbado, assim tinha um bom pretexto para fazer as minhas palhaçadas de "aborrecente". Me lembro certa vez que, no DCE, onde a galera se reunia, cheguei a ganhar dois ingressos para uma peça de teatro. Como estava "bêbado" naquela noite, resolvi falar em prol da cultura e da arte. A produtora da  peça, depois de ouvir o meu caloroso discurso, me cumprimentou e me brindou com dois convites. Eu estava são, mas, ela, por entender de teatro, percebeu que eu estava fingindo que tinha tomada umas cachacinhas.

    Resolvi assumir que tenho esquizofrenia por vários motivos:
- Achei que seria benéfico seguir o primeiro passo dos alcóolicos anônimos, só que adaptado para a esquizofrenia. Até publiquei um post sobre o assunto:
http://memoriasdeumesquizofrenico.blogspot.com.br/2013/10/os-12-passos-do-esquizofrenico.html
Creio que o primeiro passo para enfrentar a esquizofrenia é assumirmos a patologia para nós mesmos. Só assim iremos procurar ajuda e tratamento. Não precisa sair por ai dizendo para todo mundo.
- Na internet, que conheci a partir de 2010, tinha um outro personagem sim, pois não queria falar para os meus amigos virtuais que tinha esquizofrenia. Com o tempo, fui revelando para alguns que tinha o transtorno, e fui adicionando portadores que conheci nas comunidades do orkut. Então, o que começou a acontecer quando entrava no antigo msn e no orkut? Eu, na verdade, era duas pessoas, a que tinha e a que não tinha esquizofrenia, e isso em  um perfil só. Tinha muitos amigos, e então a coisa começou a ficar confusa, pois no final das contas eu não tinha certeza de quem eu era para cada amigo.
- O que esse senhor postou abaixo também me inspirou a assumir a esquizofrenia e postar o vídeo que foi criticado pelo Evanio. O cara fala sobre a síndrome de asperger e foi bastante esclarecedor para mim. Esse vídeo conseguiu prender a minha atenção do começo até o fim, e achei muito interessante o próprio portador falando sobre a sua patologia.

    Atualmente não posto mais vídeos, pois, como grande parte dos portadores de esquizofrenia, não gosto muito de câmeras. Às vezes nas viagens que faço posto algumas fotos minhas(selfies), mas tenho que estar muito animado no dia para isso. Além de não me achar bonito, tenho que estar com muito bom humor. Às vezes quando estou com bom humor me acho um cara interessante. sahsuashaushaushas Me lembro de um selfie que tirei de manhã em Aparecida do Norte que tive que deletar da câmera imediatamente.
   Nem sei o motivo do meu vídeo não aparecer nos resultados de busca do google, pois ele se chama esquizofrenia apenas e tem mais de vinte mil visualizações. Um outro que fiz e que tem apenas três mil aparece na frente desse principal. Para quem ainda não viu, ai vai o link:
http://www.youtube.com/watch?v=jBl7FpmQuXA
    Quando gravei o vídeo, estava me sentindo bem. Tinha o meu cantinho, o quarto era relativamente bom, arejado, etc. Eu tinha uma TV de tubo, um bom PC, um home theather e um frigobar. Não era a vida que pedi a Deus, mas não tinha muito do  que reclamar, em visto do que já passei nesta vida. Havia acabado de pintar e reformar o quarto, só saia de lá para almoçar. Ah! E umas duas vezes por semana ia a um centro de convivência para pessoas portadoras de sofrimento mental, na cidade de Ipatinga-MG.
    Morei oito anos neste lugar, mas o tráfico de drogas, principalmente o crack, fizeram com que eu tomasse a decisão de sair por ai viajando pelo Brasil(quer dizer, pela região sudeste né?). O crack transformou aquele local em um inferno, que literalmente pegou fogo, pois um usuário teve o seu quarto incendiado, talvez por não ter pago a droga que havia pego. Estava ficando insustentável viver ali. Funk rolando dia e noite, até depois das 22 horas. Muitas brigas e confusões, a polícia baixava quase todo dia no lugar onde estava morando. Não estava dormindo direito. E, quando a polícia baixava e encontrava algo, os caras ficavam procurando quem era o "caguete". Como eu não conversava muito com eles, era um dos suspeitos de ter telefonado para os homens da lei. E o pior é que os homens da lei achavam que todo mundo que morava no local era usuário de drogas. Ou seja, estava cercado dos dois lados sem ter nada haver com  a bagunça. Não tenho grana para ficar escolhendo muito o local de morar, o preço era bom e o quarto também, mas ficou impossível de viver ali. Sei que tomei a decisão certa ao sair, não gosto de brigas e confusões. Bens materiais dá para se recuperar depois.
    Não me arrependo de fazer algo que sempre pensei em fazer, que é sair viajando por ai. Será loucura? Acho que não. Se fosse, teriam que construir um manicômio do tamanho do Maracanã na Espanha, visto que milhares de pessoas percorrem os 900km do caminho de Santiago a pé.
    Voltando ao assunto personagens, me lembro de um comentário de uma pessoa afirmando que as pessoas às vezes me tratam como se eu fosse um psiquiatra. Me senti muito lisonjeado, claro. Mas também não banco esse personagem.
    Fiz o segundo grau completo e estudei eletrônica. Mas resolvi seguir a carreira como operador de som. Sim "Dr" Evanio, o esquizofrênico pode raciocinar sim. E não uso personagens, gosto de ter a liberdade de ir e vir, e de, acima de tudo, ser eu mesmo. Hoje em dia, com o Dr. Google, podemos fazer várias coisas. Eu nem tinha ideia de como criar um blog, mas pesquisei e achei, não sabia que era tão fácil. Difícil é aguentar calúnia e difamação.
hoje(18/06/14) ele apagou o post em que questionava a inteligência dos portadores de esquizofrenia e publicou outro em seu lugar. Acho que avisaram para ele que os esquizofrênicos são sim capazes de fazer diversas coisas.
"fui eu quem fez" shaushasuahsuas
                         
ele tentou colocar várias pessoas de seu grupo contra a minha pessoa

13 comentários:

  1. Acabei passando um pouco da sua dor, fiquei muito irritado comi o que tinha pela frente e isso me perturbou demais. Queria que continuasse com seu blog, andei um tempo sem ler pela preguiça mesmo, mas sempre são muitos bons. Pensava simplesmente que era mania de perseguição sua, mas após aquela alessandra fingidamente chegar com todo o ar de preocupação difamar você e ainda falar que só tinha falado isso para mim e para guardar segredo, lembrei do todos os religiosos da minha fé já tinha dito, de pessoas desse tipo que entram num lugar para acabar com tudo, ou no caso destruir, desmoralizar a pessoa que sempre teve uma ética sempre ótima mesmo em condições adversas. Eu nunca fico irritado, só fico irritado mesmo quando você uma grande injustiça e foi o que aconteceu. Foi só a partir de ver todo esse mal que estava indo contra você que pude notar o porque minha religião pessoas como a alessandra sofrem disciplina, nunca tinha entendido porque uma pessoa poderia sofrer disciplina por causa disso, mas pude sentir o grande mal que estava nesse nick da alessandra, sabe-se la quem é que estava nesse nick, só sei que a pessoa que estava com esse nick eu não quero mais conversar nunca mais, quero distância. Minha vida sempre foi de muita paz, acho que por isso que meu prognóstico atualmente é bom. Ainda não conheço toda a maldade do ser humano, mas entre ontem e hoje pude observar um pouco! Pode contar comigo para o que der e vier Júlio, você é uma pessoa com um grande caráter !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela força Gilmar, e gostaria de agradecer a todos também. Na hora fiquei um pouco estressado, ainda mais que tinha aquela agitação toda por causa do jogo do Brasil. Mas tudo já passou, espero que as pessoas provem o que dizem antes de sair tentando difamar alguém. O pessoal do outro grupo acho que está me vendo como um monstro, de tanto inventarem coisas sobre a minha pessoa. Mas aqui no blog não tem como eles inventarem coisas e me difamarem. O negócio é tocar a bola pra frente. Eu nunca falei mal do grupo, apenas coloquei o meu ponto de vista, ao afirmar que o mesmo estava cheio de pessoas que não participavam e queriam apenas observar. Isso eu até postei lá no grupo quando participava, ou seja, eu disse isso na frente deles, nunca cheguei a falar mal de ninguém daquele grupo, só afirmei que já tinha postado no grupo. Mas é isso ai, o grupo acabou mudando de foco, e hoje ele tem mais cuidadores, estudantes, profissionais do que portadores. Mas grupos no face é que não faltam, o que faltou foi respeito e caráter por parte do evanio e de uma moderadora que andou falando mal de mim. Obrigado e bom feriadão por ai.

      Excluir
  2. Afff que doido, vc sabe que admiro bastante a sua determinação, e vc com seu blog ajuda muita gente. Te encontrei num momento de desespero, uma situação com um membro da família, e vc me ajudou, me ouviu!!!! Outra coisa esse cara diz que nenhum esquizofrênico é inteligente, pois eu tenho em casa um rapaz muito inteligente, capaz de aprender uma segunda e terceira língua estrangeira sozinho. Hoje ele é interprete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Pamella pela força e também pelo exemplo que acabou de citar. O que esse psicólogo postou não tem sentido mesmo, foi uma tentativa de denegrir a minha imagem. Depois de analisar, vi que era algo mais pessoal mesmo, pois eu o critiquei por ficar tentando cobrar consultas on line dos membros do grupo que ele criou. Bom feriadão por ai.

      Excluir
  3. Julio, imagino que isso tenha te causado stress, eu tb ficaria como você ficou, mas o discurso desse cara é totalmente sem sentido, incoerente, sem nenhuma fundamentação teórica (como vc falou) e muito menos ética. Acredito q não vale a pena discutir com ele. Se eu fosse você, excluiria ele do face e ignoraria essas besteiras. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, eu já tinha o excluído há muito tempo, fiquei sabendo através de um amigo em comum o que ele postou. Infelizmente ele está tentando colocar os membros do grupo que criou contra a minha pessoa, mas, como você disse, o discurso dele não tem sentido nenhum, é algo mais pessoal mesmo. Obrigado por participar do blog.

      Excluir
  4. Você acusa uma pessoa que cobra na internet pelo trabalho dele ?
    E você cobra pelo livro ?
    Você se acha ético ?

    ResponderExcluir
  5. julio amigo tenha cuidado com as pesoas , hoge o mundo tem mais escorpião que pessoas boas.. ou seja eu digo pessoas que por natureza são escorpião.. julio sou eu a menina de vilhena ,, ja me recuperei,, de voçe estou bem.. entre aspas.. se cuida por favor pare de conversa com este senhor evanio .. fique com DEUS.. ABRAÇÃO AMO TE COMO PESSOA SINCERA QUE ERES,, EU QUERIO QUE O MUNDO SO TIVESSE PESSOAS COMO VC E EU.. SINCERAS..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já bloqueei esse senhor há muito tempo, mas uma amiga em comum me avisou que ele e algumas pessoas andaram me caluniando, ele tenta botar os membros do grupo dele contra a minha pessoa. Apenas estou me defendendo. Não converso com esse sr. desde quando me abordou e tentou me cobrar uma consulta on line.

      Excluir
  6. Júlio, eu cheguei de gaiata agora, mas sinceramente, tenho pena de quem for atrás desse cara aí. É óbvia, evidente, a charlatanagem pelo jeito que ele se expressa. você já viu psicólogo de verdade (que vc conehceu alguns) se expressar dessa forma tão chula, até com português errado, e ainda ficar dando pinote em desconhecido me rede social? Ignora! Quando a gente tá agindo brilhantemene como você sempre tem um monte pra fazer sacanagem em cima e poucos pra dar apoio.
    Eu tenho um irmão muito inteligente, ele pode não ser funcional em função dos medicamentos, quero dizer, como a sociedade espera que ele seja, mas quando ele vê alguém que precisa dele, ou mesmo quando alguém quer conversar, ele está sempre pronto com um sorriso no rosto e toda a atenção e einteligência à disposição. Quantas pessoas não-esquizofrênicas voc~e conehce das quais se pode falar o mesmo? Nós sabemos ( vc melhor que eu claro) oque é ser esquizofrênico e nós sabermos disso nos basta. Esse doido da cabeça aí (esse sim verdadeiramente) com certeza colherá oque semeia, coitado, deve ser tão solitário que precisa mexer com desconhecidos na internet. Nem dá bola. A filosofia do mandar à merda é ótima nessas horas.
    Eu sei que vc já superou mas eu me indignei um pouco também hhahahah desculpe.
    um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente as atitudes desse senhor até denigrem os outros psicólogos, ainda bem que a maioria não age como esse senhor, que me parece ser um oportunista, entre outras coisas. Além de tudo ele disse algo que não pode vim de alguém que entenda o minimo de psicologia, que é sobre a inteligência dos portadores, um exemplo é o seu irmão. Obrigado pela força e pela visita ao blog.

      Excluir
    2. Realmente as atitudes desse senhor até denigrem os outros psicólogos, ainda bem que a maioria não age como esse senhor, que me parece ser um oportunista, entre outras coisas. Além de tudo ele disse algo que não pode vim de alguém que entenda o minimo de psicologia, que é sobre a inteligência dos portadores, um exemplo é o seu irmão. Obrigado pela força e pela visita ao blog.

      Excluir
  7. Você foi vítima de um pirata, infelizmente teve outras situações envolvendo esse sr, ultimamente é comum pessoas pegarem a foto de alguém e colocar no Face, e buscar agredir, ofender pessoas, causar situações desconcertantes, denegrir a imagem de alguém, buscando se passar de alguma forma pela pessoa, eu mesmo recebi convite desse sr e vi que ele já se encontrava no meu rol de amigos, infelizmente estamos num mundo cheio de pessoas más.

    ResponderExcluir