Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Estrada Real: 11° dia

Imagem
17 de maio de 2013-Sexta feira São Sebastião da Vitória-Caquende-Capela do Saco
    Saio de São Sebastião por volta das oito horas, depois de tomar um bom café da manhã e comprar algumas frutas, pois no caminho não tem restaurante para almoçar. O dia está nublado, cinzento, com muitas nuvens, ao contrário de ontem. Foram 23km de estrada de terra, até o povoado de Caquende. O caminho é legal de se percorrer, com poucas subidas e descidas fortes.      Aos poucos, nuvens cinzentas escuras começaram a tomar conta do céu. Olho para o horizonte e a impressão que tenho é que está chovendo nas proximidades. Quando o vento forte começou a bater em meu rosto, resolvi me precaver contra uma eventual chuva. Afinal, até que eu podia me molhar, mas a mochila não. Tem o cartão do banco em que recebo o meu salário, o celular, a câmera, documentos, etc. Se o cartão do banco estragar, estou ferrado. Pego um plástico(de colchão novo) e forro a mochila. Tiro a barraca da mochila e a carrego nos braços, para…

Estrada Real: 10º dia

Imagem
16 de maio de 2013 quinta feira São João Del Rei-São Sebastião da Vitória
    Não dormi bem. Ontem, por volta da meia noite, fui acordado por dois policiais. Foi uma pena, pois estava começando a pegar no sono. Eles fizeram as perguntas de praxe: de onde vim, para onde vou, se trabalho ou não, etc. Pediram a minha identidade e depois foram embora. Para piorar tudo, o sino da igreja tocava de quinze em quinze minutos. Sempre quando ia pegar no sono, o sino tocava. Estava cansado demais para mudar  a barraca de lugar e resolvi ficar por ali mesmo. Para piorar ainda muito mais as coisas(pensava que não tinha jeito!), um vascaíno doente ficou perambulando pelas redondezas a madrugada inteira, cantando músicas do clube cruzmaltino. O por que eu não sei, faze tempo que o Vasco não ganha nada. Ou ganhou? Eu estou tão por fora de tudo, mas o campeonato brasileiro nem começou, e esse time do Vasco está muito ruim para ganhar alguma coisa. Só se tiver contratado o Messi e mais dez jogadores de se…

Estrada Real: 9º dia

Imagem
15 de maio de 2013 quarta feira Prados-Bichinhos-Tiradentes-São João Del Rei
    Mais uma boa noite de sono. Depois de desmontar a barraca me despeço do Nego e da Jacinta, que foram super legais comigo ontem. Hoje planejo ir até a cidade de Tiradentes, distante de Prados 18km.     O caminho até o povoado de Bichinhos é bom de ser percorrido, sem subidas e com muito ar puro. Só o início é percorrido em uma BR, que tem pouco movimento na parte da manhã. Está tudo tão calmo que  resolvo ligar o celular e ouvir algumas músicas pelo caminho, sem o fone de ouvido, pois de repente pode aparecer um carro em alguma curva qualquer. Chego ao pequeno povoado antes do previsto e aproveito para passear pelo lugar, que tem o artesanato como seu ponto forte. O astral do lugar é muito bom, dá até vontade de morar por lá. Fico curioso em relação ao nome do povoado, e uma moradora me explica o motivo do lugar receber o nome de bichinhos:(não sei se é verídico o fato)      Reza a lenda que, Herculano Gonçal…

Estrada real: 8º dia

Imagem
14 de maio de 2013 terça feira Lagoa Dourada-Prados
A noite de sono foi ótima! Quase não senti frio, pois caprichei no forro com o papelão. Essa minha barraca não é própria para o frio. Vou ver depois se consigo comprar uma que também resista a chuva.       Planejo sair o mais rápido possível de Lagoa Dourada, pois se não irei torrar todo o meu dinheiro em rocamboles. Mas tenho que esperar o comércio abrir, para comprar sabonete, sabão, creme dental e outras coisas. Tenho que tomar um bom café da manhã, pois pelo que fiquei sabendo, não existe restaurante no caminho para Prados.        No centro, percebo as lojas de rocambole abertas, e fico sabendo que elas abrem as seis da manhã e fecham às dez da noite. Muitas pessoas que passam pela BR acabam entrando na cidade só para comprar essa delicia, que foi o melhor que experimentei em toda a minha vida!      Ontem estava tão cansado que cheguei a pensar a passar o dia inteiro em Lagoa Dourada, a fim de dar um descanso para minhas canelas. Mas …

Estrada Real: 7° dia

Imagem
13 de maio de 2013 segunda feira Casa Grande-Lagoa Dourada
    Tive uma boa noite de sono, apesar do frio. Ontem achei um monte de caixas de papelão perto da praça. Coloquei um pouco debaixo da barraca e a forrei toda por dentro. Quase não se sentia frio dentro da barraca. Acordei com as energias renovadas e muito animado. Tomei café da manhá na única pensão do distrito e cometi um erro fatal: não perguntar o preço das coisas antes de comer. Resultado: dois pães com manteiga e dois cafezinhos sairam por cinco reais. Ai pessoal, vai a dica para quem passar por Casagrande, ao ir na pensão da Irene, pergunte o preço antes, por que ela mete a mão mesmo! O meu blog também dá dicas de economia ué!     Depois fui para a lan house da cidade. A internet é mais lenta do que eu subindo os morros de Minas. não deu para postar muitas fotos, e quase perdi todo o post pois o tempo quase acabou antes de salvá-lo. Também não tinha muito tempo para ficar no PC, pois tinha que percorrer 30km de estrada de …

Estrada Real; 6º dia

Imagem
12 de maio de 2013 domingo
Entre Rios-Casa Grande A noite foi bem complicada. Muito frio, pior do que em Pequeri. De madrugada tive que usar duas meias e depois calçar o tênis, senão o meu pé iria congelar. Ao sair de minha barraca, por volta das sete da manhã, só vejo neblina. Ao encher minhas garrafinhas de água na pracinha, penso que está começando a chover, mas são apenas gotas de orvalho caindo de um coqueiro. O frio está tão intenso que não dá vontade de continuar dormindo, e então rapidamente desmonto minha barraca para poder me movimentar e aquecer.  Na padaria tomo um cafezinho com pão e manteiga. A menina do balcão é um doce de pessoa, muito alegre e comunicativa. Ficamos conversando enquanto eu tomava o café, e, quando disse o meu destino, perguntou:     - Você é doido, né?     Respondi que mais ou menos, e ao me despedir ela me desejou uma boa "viagem maluca" para mim. Muito cativante ela,gostaria de continuar a conversa, mas o caminho de hoje é longo, são 30km de est…