Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

O último post em casa

Imagem
Este é o meu último post nesta minha humilde residência. Estou com os nervos à flor da pele, nem a música do Yanni está conseguindo relaxar os meus músculos contraídos. Na segunda feira passada de madrugada tive uma distensão do músculo posterior da coxa direita( é o médico baixando rsrsrs) sem estar fazendo um  mínimo de esforço. Estava tentando dormir e, de uma
hora para outra, tchun! Pense em algo que dói e que seja chato e multiplique por dez. Isso é uma distensão, e tudo piora quando você está sozinho e não tem ninguém para esticar sua perna. Quando isso acontece com um jogador de futebol ,o cara desaba no chão e vem um companheiro( às vezes até o adversário) para socorrer o jogador, pois eles sabem como é dolorido. O negócio é tão complicado que raramente o jogador  volta pro jogo.
    Já vendi o meu pc com apenas quatro meses de uso, o frigobar, o home theather e a TV. Não estou arrependido, sei que fiz o melhor, não tem como aguentar a situação atual. Parte do dinheiro coloq…

Sonhos, mensagens do além?

Imagem
Hoje eu tive um sonho. Até ai, nada demais. Todo mundo sonha, mas só alguns tem o prazer de se lembrar dos seus sonhos. No meu caso, parece que eu também sinto os sonhos. Muitas vezes, o sonho parece ser tão verdadeiro que chego a ter a sensação de estar no local do sonho. Sinto que não estou acordado, mas também não tenho a sensação de que estou em um sono profundo. É algo parecido com uma viagem extracorpórea.     Hoje sonhei que estava em uma cidade litorânea, onde a modernidade e a natureza conviviam harmoniosamente. Haviam vários prédios, de frente para a praia e cercados por vales e montanhas.      Estava em êxtase, maravilhado com a beleza do lugar, andando de um lado para outro, como uma criança, e não parava de tirar fotos.      Estava conversando normalmente com as pessoas, sem medo e receio de ninguém. As paranoias não existiam nesse sonho e o único pensamento que tomava conta de minha cabeça era curtir aquele lugar maravilhoso.      Me lembro que, com muito esforço, conseg…

Reflexões diárias do dia a dia

Imagem
Estamos no meio do mês e a minha ida para as ruas está decidida. Será logo após o pagamento de minha aposentadoria, no início do mês que vem. Deixei para essa data para amadurecer esta ideia dentro de minha conturbada cabeça. Não devemos tomar decisões como essa de cabeça quente, mas, a cada dia que passa, vejo que essa é a melhor solução. A situação no local onde moro está tensa. Os traficantes tomaram conta, e o proprietário não toma nenhuma providência. Tem cara que aluga um quarto, e depois de alguns dias aluga um outro quarto para um amigo. A noite o pau quebra, estou escrevendo este post na parte da manhã, pois é o horário em que eles estão dormindo.
    Antes de ontem tive que ouvir funk de uma hora da tarde até as duas da madruga. Para me vingar, no dia seguinte. as oito horas da manhã, liguei o meu home theather, coloquei o cd de karaokê com as músicas do Roberto Carlos, e comecei a cantar, quer dizer, cantar não, essa não seria a palavra mais adequada, pois, além de minha…

Reflexões diárias

Já me decidi. Depois de muito pensar, cheguei a conclusão de que a paz não tem preço e vou morar nas ruas ou em qualquer outro lugar onde eu possa descansar um pouco. Digo descansar não o corpo, pois eu não estou trabalhando, quero poder descansar a minha mente, esquecer de tudo, as minhas paranoias, e as dos outros também.
    Nesses oito anos que morei aqui neste lugar, cheguei a conclusão de que sou um louco mesmo. Louco pela paz, louco pela sinceridade, louco pelo respeito ao ser humano. Já estou vendendo as minhas coisas, e, sinceramente, estou me sentindo mais leve. Quero morar em qualquer lugar, onde eu possa escutar a música que eu quiser, ou então escutar o som do silêncio. Se alguém estiver com o som acima dos decibéis permitidos, é só eu andar um pouco e estarei livre. No momento, estou tendo que ouvir dois funks ao mesmo tempo, e não vou aumentar o som que estou ouvindo, por que se não pode acabar virando uma cascata, com cada pessoa aumentando o seu som e, no final, ni…

A paz é mais importante

Imagem
Meus olhos estão ardendo, resultado de três noites de sono mal dormidas. O vizinho disse que emagreci um pouco, mas, na última vez em que subi em uma balança, o meu peso estava normal. Olho-me no espelho e noto que estou abatido e com uma expressão de cansaço. Estou precisando de tomar um daqueles sossega-leões para dar uma apagada geral para tirar o stress dos últimos meses. Mas não posso fazer isso agora, o clima no lugar onde moro está tenso. Moro no centro da cidade, a uma quadra da rua que é conhecida como  a crackolândia. Não posso simplesmente me apagar por algumas horas. Já me roubaram dinheiro, o controle remoto da tv, uma bermuda. Até chinelo usado os crackeiros não perdoam, para venderem e juntarem a grana para comprar a droga.      Moro nesse local há oito anos e sempre houve o tráfico de drogas, mas hoje a situação está insustentável, acho que por causa do crack, que é muito vendido aqui na região. Essa droga traz tanta confusão que até os traficantes do Rio de Janeiro…

Comunidade no facebook zomba de deficientes físicos e até de Isabela Nardoni

Imagem
Bem pessoal, o mundo não acabou, 2013 já chegou e desejo muita saúde e paz para todos.     O post da semana passada desagradou aos fãs da comunidade prints na rede e agora, os comentários, que poderiam ser feitos sem autorização, agora tem que esperar a minha aprovação antes de serem liberados. Pensava que só pessoas legais viriam aqui, mas os fãs dessa comunidade, não satisfeitos em ver a palhaçada que é feita na página, vieram me ofender. Isso não me incomoda nenhum pouco, não me preocupo com a opinião de alguns adolescentes idiotas. Quer dizer, creio que sejam adolescentes, não duvido que não haja adultos com uma mente tão doentia.     Uma experiência de quase morte como a que tive muda completamente a forma como encaramos o mundo. Percebemos o quanto somos tolos e banais ao nos preocuparmos com pequenas coisas. Não vai ser a opinião de um bando de idiotas que irá me abalar. Eu gosto de todo tipo de humor, até do chamado humor negro. Mas tudo tem um limite, e isso o que eles estã…