segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Como adquirir o livro Mente Dividida Memórias de um esquizofrênico (agora também em PDF)

   

     Bem, após um ano e cerca de oito meses, finalmente consegui terminar o livro e disponibilizá-lo para as pessoas. Não é o que eu queria, gostaria que fosse um livro com uma editora, revisado e tudo mais. Mas infelizmente não tenho condições para isso e, como não gostaria de deixar de registrar a minha relação com a esquizofrenia, resolvi disponibilizar o livro encadernado. O resultado ficou bom, a capa é colorida e o formato é o A5, do tamanho de um livro normal mesmo. Não gostaria que o livro fosse no formato grande, o A4, pois ficaria parecendo uma apostila.
    O livro não é uma autobiografia, pois não sou uma celebridade, ele conta a minha relação com a esquizofrenia, desde a infância, passando pelos momentos mais difíceis (os surtos) até os dias de hoje, em que procuro ajudar da melhor maneira possível as pessoas que estão passando hoje o que passei naqueles anos terríveis. A maior parte do livro é dedicada aos surtos, pois foi uma história diferente das demais que falam sobre a esquizofrenia. Não tive condições de pagar uma pessoa capacitada para revisar o texto, mas acho que o resultado ficou bom, apesar de não ser um escritor. Espero que gostem e aceito críticas construtivas, tanto por email, ou nos comentários abaixo, afinal o livro pode ser modificado em uma ou outra pequena coisa, mas a essência dele é essa mesmo, após inúmeras revisões que fiz.

O preço do livro é  32 reais, (127 páginas) já incluindo as despesas dos correios.
Para adquiri-lo basta fazer um depósito na conta:
Julio Cesar dos Santos de Oliveira
    Caixa Econômica Federal
   Julio Cesar dos Santos de Oliveira
   Agência 2332 Ipatinga MG
   Caixa Econômica Federal
   Operação 013
   Conta 00035331-3
Além das agências da caixa, o depósito também pode ser feito em qualquer lotérica do Brasil.
Também é possível adquirir através de transferência bancária. 

    Assim que fizer o depósito, mande um email para juliocesar-555@hotmail.com , com uma foto ou scanner do comprovante do depósito, juntamente com o nome e endereço completos para que eu possa enviar o livro via correios.
    O depósito também pode ser feito pela internet, mas, antes, me enviem um email para que eu possa fornecer o número do meu cpf, que é exigido nessa operação. 
    
Livro no formato PDF


  Agora você pode adquirir o livro no formato PDF. O valor é sete reais, e é enviado por email.
    Após fazer o depósito ou transferência, mande-me um comprovante do mesmo, que enviarei o livro para o seu email. 
     

    Qualquer dúvida poderá ser colocada nos comentários ou enviada por email que responderei.
    Algumas pessoas talvez possam estar pensando: "Ele está querendo ganhar dinheiro com o livro!" Não vou mentir, se der para ganhar algum dinheiro, ficarei satisfeito, sou um ser humano normal e preciso de dinheiro para pagar minhas contas, mas, sinceramente a minha intenção principal não é essa. Só gostaria de deixar registrada essa história que muitas pessoas, ao ouvi-la, me recomendaram que eu a escrevesse. E foi o que eu fiz, ao longo de quase dois anos.
    Espero que gostem do livro e que também possa ajudar as pessoas que estão passando por momentos difíceis com esse mistério que ainda é a esquizofrenia.


24 comentários:

  1. Muito bom Julio, se puder eu vou comprar!! quero muito ler..abraços

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo Blog, e admirável ver alguém dedicando o seu tempo pra falar sobre a esquizofrenia, assunto que ainda gera muitas duvidas na sociedade. Na minha humilde opinião; todos nos somos esquizofrênicos, depressivos e bipolares, mais claro, em um grau menor. Todos nos temos momentos de tristeza, alegria, euforia, desconfiança... E às vezes esses sintomas são tratados como distúrbio. Tive um problema com minha irmã mais nova, com 14 anos ela foi diagnosticada com Bipolaridade, foram muitos remédios que a deixava muito pior, e depois de 1 mês tomando remédios ela mesma decidiu parar o tratamento. Sempre tratamos esse assunto em casa com muita naturalidade, e hoje já se passou 4 anos e ela melhorou muito, graças a Deus, claro que as vezes as mudanças de humor e comportamento são mais fortes, mais damos risada e perguntamos qual o problema!! E tudo fica normal novamente. Resumindo meu caro, tudo se cura com amor... Vou comprar seu livro pra dar de presente a ela. Parabéns pela iniciativa. Vou entrar em contato contigo pelo seu E-mail.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Edna, acho que está havendo uma banalização dos sentimentos, a tristeza hoje em dia é confundida com depressão. E outras pequenas manias muita gente tem, o problema é quando passa a afetar muito a vida da pessoa, como impedindo-a de sair de casa, ai sim, já é um caso para psicólogos e psiquiatras. O remédio é uma questão tem que ser muito bem pensada, deve ser pesar os prós e os contras, acho que só em casos graves mesmo é que se deve usar a medicação.

      Excluir
    2. Antes de mais, Júlio, parabéns pelo blog! E pelo livro!

      Gostaria de deixar um comentário aos vossos posts, Edna e Júlio. de facto, todos nós sentimos tristeza, ansiedade, euforia e somos esquizofrénicos, depressivos e bipolares, de certo modo, em menor grau... existe uma continuidade entre um estado e o outro... não existe nem preto nem branco, mas antes um cinza (mais escuro umas vezes, mais claro outras)... mas o meu conselho é que nunca deixem a medicação. A medicação é muito importante para estabilizar a doença.

      Excluir
  3. Parabéns pelo blog Júlio, sucesso.

    ResponderExcluir
  4. Júlio gostei muito do livro , principalmente a parte que conta sobre os surtos , mas fico muito feliz , por você ter compartilhado sua vida íntima . Parece que revivi na minha cabeça tudo que vi quando começou com minha mãe , aconteceu com você assim e com minha foi muito parecido , até a medicação , hoje ela toma a risperidona , mas como você disse é controle . Parabéns pelo livro, vai ter continuação ? Li ele todo ontem mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vanessa, eu também fico muito feliz por ter gostado do livro. Em relação à vida íntima, senti que era necessário contar um pouco sobre ela, principalmente a infância e adolescência, pois ali tinha indícios que eu tinha algum transtorno mental latente. Em relação a continuação, acho que não vai ter, a não ser que aconteça algo de extraordinário em minha vida atual, que anda meio monótona rsrsrs. Você é bem rápida hein? Ler mais de cem páginas em um dia não é para muitos. Parabéns.

      Excluir
  5. Olá João
    Obrigado pelas dicas. Dessas editoras eu só conheço a bookess, porém ainda não entrei em contato com eles. Estou pensando sim em publicar o livro sob demanda sim, mas você não acha que sai caro pelo fato da publicação não ser em grandes quantidades? Mas de qualquer forma obrigado, vou entrar em contato com essas editoras para ver qual a melhor solução, pois uma editora dá mais credibilidade ao livro.

    ResponderExcluir
  6. Publica seu livro pelas editoras virtuais mesmo, coloca um preço mais barato, se você tiver 4 reais de lucro já é uma grana se começar a vender muitos livros!

    ResponderExcluir
  7. Queria comprar o livro, mas pra mim seria mais fácil comprar se vc tivesse uma conta no paypal ou pagseguro pra efetuar o pagamento. É bem fácil fazer e vc pode transferir o dinheiro pra sua conta depois ou usar pra comprar coisas em lojas virtuais que aceitem paypal ou pagseguro. Dá uma olhada lá: http://www.pagseguro.com.br
    http://paypal.com

    ResponderExcluir
  8. Boa noite Júlio.
    Gostei de ver que há um blog como o seu, especialmente transparente e disposto a ajudar aos em dificuldades interiores. Tenho sofrido de forma silenciosa as decisões e indecisões que me confronto no meu dia a dia e confesso, é muito difícil sentir-me sem um norte a seguir ou a total falta de estimulo em concluir projetos iniciados...
    Pasme! Somente após 6 graduações iniciadas é que consegui levar adiante e até o fim o curso de gestão de pessoas na FBV DEVRY.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita ao blog, mas o que você sente? É só o desânimo mesmo ou você tem algum transtorno mental?

      Excluir
  9. cara! parabéns pelo blog,também tive surto só uma vez e foi por mais de uma semana,tive essa sensação de estar sendo perseguido, eu achava que era enviado de Deus que era Jesus e vinha salvar a humanidade,não sei se você já pensou que era jesus também, talvez sim pois essa é uma característica bem notória,hoje to bem melhor tomando Depakote, é interessante que ele trata uma diversidade imensa de doenças mentais, ja tomei Josepan e o Fenobarbital é também conhecido sob o nome comercial Gardenal, fiquei internado 5 dias sem diagnóstico só tomando remédios errados dai fui encaminhado pra um Neuro e nada! Depois um psiquiatra cuidou do meu caso e hoje estou aqui comentando este post,sempre gosto de ler casos e assistir filmes e relatos de pessoas que ja tiveram surtos,acho legal a idéia de compartilhar isso, só quem ja passou por isso sabe o quanto é ruim se sentir sozinho é bom saber que n estou sozinho e também é ruim saber que existem muitas pessoas com este problema,viu la o caso do mendigo modelo ? ele superou vamos superar também nós conseguimos,surtei aos 17 anos hoje tenho 19 por enquanto ta tudo bem,espero continuar assim ,pretendo comprar seu livro este mês talvez,eu gostaria de ajudar você com o blog,trazendo posts relatos e até mesmo no layout dele o que acha ? sem fins lucrativos é claro .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita ao blog Elias. Parabéns pela sua força de vontade em superar os problemas que a vida nos traz. Mas também seria muito sem graça uma vida sem desafios né? Em relação a ajuda ao blog, fique a vontade, o espaço está aberto a qualquer pessoa que queira fazer um relato, um depoimento, mostrar seu talento e trabalho, etc. Até mais.

      Excluir
  10. você sabe se existe alguma lei pela qual permita que um paciente faça seu tratamento contra a vontade? quando se trata de problemas psicológicos é complicado a família do doente entrar em um acordo. Quando se trata de um Alcoólatra é diferente, pois após passar o efeito do alchool ele recupera sua conciência. Mas que dizer de uma pessoa que esta em um estado de surto constante ?

    ResponderExcluir
  11. Sim, é só seguir as instruções. Depois de fazer o depósito, é só digitalizá-lo, scanner ou foto. Mande-o para mim no email indicado que lhe enviarei o livro. Obrigado.

    ResponderExcluir
  12. Julio, quanto fica 2 livros por e-mail? E vc manda por correio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dois livros por email eu faço por 15 reais, já que isto é uma prova de sua honestidade. Infelizmente só estou comercializando o livro no formato PDF mesmo, já que no momento não estou em um lugar fixo. Antes eu tinha conseguido um preço bom com uma gráfica e ai era possível vender o livro físico e enviá-lo pelos correios.

      Excluir
  13. Ola! Parabéns pela iniciativa. Publicar livro em formato e-book/e-pub não é caro. Se informa e faz. O titulo, o assunto e a capa estão bem interessantes.

    Sucesso para você.

    ResponderExcluir
  14. Olá, o blog realmente é uma ferramenta capaz de fazer uma série de coisas, inclusive ajudar a diminuir a discriminação e o preconceito. Mas por que Belém do Pará é discriminada? Eu tinha planos de continuar as minhas andanças e só alugar o quarto depois de conhecer o centro oeste e o norte já que conheço o sudeste e um pouco de nordeste. Já o sul não tenho pretensão de conhecer, pois, sair por ai e dormir em barracas não é legal com muito frio. Eu iria chegar à Belém pulando de cidade em cidade, mas resolvi desistir do plano, por causa da violência nas ruas e também por causa do preconceito em relação às pessoas que não tem um endereço fixo. Obrigado pela participação.

    ResponderExcluir
  15. Obrigado pelas palavras. Aquele caminho do Padre Anchieta realmente foi demais! Estou agora sorrindo ao lembrar das aventuras e também da sensação de liberdade que tive ao andar pelo litoral do Espírito Santos. É um caminho bem legal, mas é preciso preparo físico na praia deserta e levar um dois litros de água.

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Sim, ainda vendo o livro, tanto impresso como em PDF, os valores são esses da postagem, já incluídas as despesas dos correios.
    Qualquer dúvida é só enviar um email para
    juliocesar-555@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Julio acho muito interessante a sua história. Ultimamente ando meio para baixo, e não estou conseguindo sair, assim que eu estiver melhor para sair. Vou até a caixa fazer o depósito para compra do seu livro.
    Uma curiosidade. Porque o nome mente dividida? Seria devido aos pensamentos que as vezes nos divide entre a realidade ou não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      O termo esquizofrenia vem do grego "skhizein"(dividir) e frenia (pensamento).
      E realmente a nossa mente fica dividida entre o que é real e o não real, ou seja, as nossas alucinações e paranoias. Nem sempre fica dividida meio a meio, nos surtos, por exemplo, ela pode ficar quase que 100% fora da realidade. Mas, quando estamos estabilizados, o contrário pode acontecer, ficamos apenas com algumas cismas, que, se bem conduzidas, dá para ir levando a vida.
      E a mente fica também dividida,cheio de dúvidas, sobre quem somos, sobre o que está acontecendo, sobre o que iremos fazer.
      Bem, é isso ai, espero que tenha melhoras. Procure tomar o ômega 3 e tente também fazer exercícios físicos leves, pode ajudar muito.
      Obrigado pela visita ao blog

      Excluir